O Joãozinho não para

Publicado: 11/08/2009 em PUBLICIDADE
Tags:, , , , ,

Johnny Walker só perde na minha preferência para o Jack Daniel’s dentro da categoria whisky (eu sei, não são a mesma coisa, mas dane-se).

O que mais curto mesmo das duas bebidas são as histórias (além de bebê-las, claro). E a história do JW é simplesmente muito louca. E ela fica mais louca ainda quando contada de maneira diferente.

Foi o que vi neste vídeo produzido pela BBH de Londres. O excelente Robert Carlyle (Trainspotting, Plunket & McLeane), com seu indefectível sotaque do Reino Unido, conta, andando, a história do criador e da criatura.

Eu vou parar por aqui meus comentários. O vídeo fala por si.

Sensacional.

Chupinhado daqui.

comentários
  1. Filipe Crespo disse:

    Caraca, Lelo. Bacana mesmo, hein.

    Pena que meu conhecimento da lingua inglesa não seja suficientemente grande para compreender todo o vídeo, mas como vi duas vezes, acabei entendendo alguma coisa a mais, na segunda vez que assisti.

    É um sotaque do Norte da Inglaterra, parece. Ou mais: da Escócia.

    Muito bacana a idéia.

    Além disso, vale destacar a simplicidade do vídeo. Economia na produção, sem estragar a idéia.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s