iPhone “Não tem preço”

Publicado: 29/07/2009 em MARKETING
Tags:, , , , ,

priceless_picks_iphone

O Ad Age publicou anteontem uma nota que deixou este geek de plantão agulhado: um novo aplicativo para o iPhone. Da MasterCard.

Até aí, tudo bem. Vocês vão me dizer que é a tal da convergência que eu mesmo venho anunciando apocalipticamente em minhas aulas. Mas o tal aplicativo tem como tema (ou a tentativa de) a campanha “Priceless”, ou como aqui no Brasil ficou conhecida, “Não tem preço”.

De acordo com a reportagem, o aplicativo nada tem a ver com a campanha propriamente dita. Para quem não se lembra, a “Não tem preço” é bastante emotiva, humorada também. Conta pequenas histórias sobre como as pessoas superam dificuldades e, no final, são felizes. Se dar bem, não tem preço.

E, pelo que entendi, esse aplicativo vai ajudar outros a se darem bem também com dicas que você carregará no sistema do aplicativo. Complicado? Pois é. Na prática, deve ser assim:

Você, usuário de iPhone, baixa o aplicativo no seu aparelho pela App Store. Já com o aplicativo executando, você carrega no sistema “Priceless”, que se articula com um sistema GPS, os endereços das dicas “priceless” que você encontrou, por exemplo, uma liquidação imperdível de corujas de cristal na Macy’s, ou três edições originais em LP no plástico do Can Your Pussy Do The Dog num sebo obscuro da periferia. Além dos endereços e do título da dica, parece que se pode colocar a descrição. A interface é essa:

pricelesspicks-b

Pelo jeito, a intenção aqui é bem mais comercial, diferente da campanha de quase 12 anos que circula por aí. Mais um exemplo que o institucional e a publicidade, seja ela de produto ou serviço, podem ser complementares. E, claro, tudo com Master Card.

Ainda por cima, utilizando novas ferramentas e tecnologias.

Saiba mais:

www.priceless.com

www.adage.com

Anúncios
comentários
  1. Filipe Crespo disse:

    É interessante. Não tinha ouvido falar nada a respeito.
    Lelo, você como usuário iPhone, me responda:
    Quantos brasileiros tem iPhone hoje? É um número considerável ou ainda nao?
    Abs

    • Lelo Brito disse:

      Cara, eu queria ter uma estatística mais segura, mas uma pesquisa realizada em meados de 2008 pela Net Applications já apontava 250.000 usuários só aqui no Brasil. Até pode ser verdade, já que o gadget chegou aqui no Brasil via muambway em larga escala, com um monte de gente desbloqueando fácil-fácil.
      Mas essa é uma estatística de 2008. Agora, temos duas operadoras (as maiores, inclusive) comercializando o modelo 3G e mais um monte de gente pagando de gatinho com ele por aí nas baladas. Já viu, né!?
      Eu sou inscrito no iPhoneMod Brasil, o mais tradicional site sobre o gadget daqui dessas paradas. Na página de entrada há algumas estatísticas de associados (mais atualizadas, inclusive). O número de inscritos lá está em 113.007 (consultado em 30/07/09 – 0h50). Se levarmos em consideração que todo mundo inscrito tem o aparelho e que tem usuário que não conhece esse site…
      De qualquer maneira, achei uma reportagem n’O Globo com algumas estatísticas sobre o celular da Apple:
      http://oglobo.globo.com/blogs/mac/post.asp?t=os_numeros_do_iphone_no_brasil&cod_Post=93477&a=252
      Bem legal!

  2. Filipe Crespo disse:

    É um número bastante expressivo.

    Pensei que fosse bem menor.

    Valeu, Lelo.

    Abs e até quarta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s