Os caras da minha geração e os das gerações anteriores sonham há um tempão com a convergência do mundo real e virtual. O Pierre Lévy explora incansavelmente o assunto. Os irmãos Wachowski fizeram a trilogia mais celebrada do cinema, em que o real e o virtual se fundem de maneiras inimagináveis.

Ultimamente têm pipocado um montão de novidades que dão uma dica da proximidade desse nosso sonho se tornar realidade. Uma delas é a ‘Realidade Misturada’, ou sua versão mais conhecida, ‘Realidade Aumentada’. Confesso que não conhecia muito bem sobre o assunto, mas o meu novo Acessor para Assuntos que Interessam a Geeks (AAIG) me atualizou em alguns minutos. Claro, se eu desse uma googleada eu conseguiria também, mas nada como ter um orientado antenado, né, Wesley?!

Enfim, só para atualizar os leitores deste humilde folhetim eletrônico sobre Comunicação e Marketing, Realidade Aumentada (RA), de acordo com o site www.realidadeaumentada.com.br, “é definida usualmente como a sobreposição de objetos virtuais tridimensionais, gerados por computador, com um ambiente real, por meio de algum dispositivo tecnológico”. Ou seja, é a convergência entre os ambientes virtual e real, que ainda pode gerar a Virtualidade Aumentada (VA). O que diferencia um do outro é que na RA há a predominância de elementos do ambiente real e na VA, óbvio, do virtual.

O grande barato não é apenas o amálgama em si, mas a possibilidade de você poder alterar os elementos de acordo com a sua preferência. Com as próprias mãos! Um exemplo bem legal é o MY.IKEA, da Ikea (aquela loja de móveis do Clube da Luta). Com uma webcam e os prints das peças e dos móveis (ou de ícones que os represente) você consegue fazer uma simulação. Dá uma olhada no vídeo:

A Tok & Stok quis fazer algo parecido (eu disse PARECIDO) aqui no Brasil, mas se aproximou mais da VA, se levarmos em consideração os conceitos do site Realidade Aumentada. A empresa (ou aqueles que fizeram o projeto) chamou de ‘Planta Virtual Tok & Stok – Realidade Aumentada’. Apesar dos depoimentos no final do vídeo, achei meio fraquinho (além de equivocado), ainda mais depois de assistir ao do Ikea:

Quem é viciado em games já conhece o tema há mais tempo. No mês passado eu postei um texto sobre o Projeto Natal, da Microsoft. Eu achei que fosse a descoberta do século (ou melhor, do Psycho do Surra), mas depois de uns dias, um monte iconoclastas e viciados em games me disseram que já conheciam. Para o Play Station 3 (PS3) existe o muito louco Eye of Judgement e para o PSP, o Invizimals:

Pra quem quiser mais exemplos de Realidade Aumentada pode também dar uma olhada no Bannerblog, um site especializado em mídia web banner. O meu AAIG achou um link que leva a uma série de vídeos sobre o assunto.

Realidade Ampliada é um assunto bastante vasto, que já foi tema de post no Brainstorm 9 inclusive. Pra quem se interessou e quer aprender a fazer, tem até uma Biblioteca para Realidade Aumentada, com os softwares e dicas para desenvolvimento de RA. O negócio é bem elaborado e a Biblioteca tem tudo bem explicadinho.

Vai lá e boa sorte.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s