No ano que vem, o maior time de futebol do mundo completará 100 anos.

Podem xingar, espinafrar e choramingar, mas o Esporte Clube Corinthians é o maior time de todos os tempos. Não é só pela história, mas por toda a mítica que envolve o seu nome.

Costumo fazer uma brincadeira com meus amigos dizendo que existem apenas duas torcidas aqui no Brasil: a do Corinthians e os que torcem contra. Não existe outro time no mundo que cause tanta comoção. Quando tem jogo do Timão, o Brasil inteiro para para torcer: os corintianos, claro, à favor e sãopaulinos, palmeirenses, santistas, flamenguistas, vascaínos, gremistas, colorados, pontepretanos, atleticanos, cruzeirenses, torcedores do Bandeirante de Birigui e toda a rapa contra.

É duro para todos os outros admitirem, mas o Corinthians é o time que mais desperta paixões em todo o mundo. Por isso, acho que tudo o que dizem contra o campeão da Libertadores da América 2010 é pura inveja. Uma vontade mórbida de ser Corinthians. Podem falar o que quiser, mas no fundo, no fundo, todo mundo gostaria que seu time fosse como o Corinthians, todo torcedor gostaria de ser tão fiel ao seu time como a torcida corintiana o é, todo jogador gostaria de ostentar a camisa alvi-negra e todo clube gostaria de ter tido a idéia de ter o Fenômeno no seu time.

E agora, pra matar o povo mais ainda de inveja, o clube lançará em dezembro deste ano o livro “Corinthians – 100 anos de paixão”. A publicação, idealizada pelo fotógrafo publicitário Marco Piovan (o do livro “Making Of”), faz parte dos preparativos para a comemoração do centenário do Timão e contará, em fotos e crônicas, a história do time mais amado do mundo.

Mas o mais legal do livro é a história da capa. Se clicar na figura abaixo, você será encaminhado ao site Corinthians 100 anos. Lá, você poderá escolher entre quatro modelos de capa, qual será a publicada. Todas elas foram desenvolvidas por publicitários convidados pelo Marco: Felipe Chacon (da Africa), Guilherme Sakosigue (da AlmapBBDO), Serginho Dimi (da Lobo São Paulo) e Marcelo Biscola (da Artnet Digital).

100 anos

Dê uma passada por lá. Não importa se é corintiano ou não, é um case que merece atenção. Um case campeão, claro.

Fonte: MM Online

comentários
  1. Filipe Crespo disse:

    São 99 anos SEM um estádio
    São 99 anos SEM um título de Libertadores

    O que vocês podem esperar para o centenário? SEM NADA DE NOVO

  2. Lelo Brito disse:

    SEM problemas.
    Nos 100 anos, seremos um time SEM piadas sobre a Libertadores, SEM precisar tomar posse do Morumbi eventualmente.
    E, SEM medo de errar, espero muito mais que 99 sãopaulinos dando piti porque não podem mais fazer piadinha.
    Realmente, para os outros times, SEM nada de novo.

    P.S.: Pode chorar de inveja. Com certeza, o livro vai fazer bem mais sucesso que aquele DVDzinho xexelento do hexa que, aliás, nem puderam comemorar direito, já que no dia seguinte o “gordinho” tava sendo contratado pelo Timão e não se falou mais sobre nada naquele mês.

  3. Filipe Crespo disse:

    Vamos aguardar. hehehe

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s